Clientes esperam mais benefícios do que descontos, diz pesquisa sobre o Dia do Consumidor

Segundo o relatório,  53% dos clientes que pretendem comprar na data  buscam por empresas que oferecem serviço de frete grátis

De acordo com um estudo realizado pela Ebit Nielsen, especializada em mensurar e-commerces, no ano passado, a intenção de compra no Dia do Consumidor, que acontece no dia 15 de março, cresceu 18% em relação ao ano anterior. A pesquisa revelou que as buscas pela data no Google, que acontece no dia 15 de março,  cresceram 113%.

Para a consultora e diretora da CasaClube, Luciana Locchi, esse crescimento não é por acaso, já que as empresas de e-commerce e varejo estão cada vez mais voltadas para a data e devem dar um start mais forte nas vendas a partir do Carnaval. No entanto, a especialista alerta que é preciso ter alguns cuidados com as estratégias.

“A data foi criada para valorizar e comemorar os direitos do comprador e não apenas para fomentar o número de vendas do mercado brasileiro. É fundamental que as empresas aproveitem o Dia do Consumidor para fortalecer o relacionamento com os clientes, reforçando a concordância com os direitos e o respeito com os consumidores”, diz. 

Segundo a especialista, apenas abaixar os preços nesse dia, não é a solução. Nas palavras de Locchi, o cliente quer mais e quer ser lembrado. Portanto, oferecer outros tipos de serviço e conhecer bem o perfil do consumidor que a marca atende, pode auxiliar na realização de ações mais efetivas e, por consequência, gerar mais engajamento nas vendas.

Em conformidade com o  relatório “Dia do Consumidor 2020”, elaborado pelo Google, 53% dos consumidores que devem comprar na data procuram por frete grátis, 15% preferem condições especiais de pagamento, 12% optam por pontos extras em programas de fidelidade e os outros 20% priorizam ofertas como cashback, seguro/garantia estendida gratuita e descontos em serviços de assinatura.

Para a consultora, a busca por outros tipos de privilégios no Dia do Consumidor deve-se também a falta de credibilidade que a Black Friday possui no país, que  faz a clientela não enxergar o desconto como um benefício. 

“Diferente do Black Friday, o dia 15 de março deve servir para reforçar o laço da marca com o cliente. Mostrar que a empresa preza os valores e os direitos do consumidor, é um ponto chave. Se a empresa quer se favorecer dessa data e potencializar as vendas, ela pode fazer um planejamento, criar uma campanha, se certificar que todos os colaboradores estejam alinhados com a ação e, principalmente, cultivar um bom relacionamento com o cliente”, comenta Luciana.

De acordo com o relatório efetuado pelo Google, a expectativa para o Dia do Consumidor em 2020 é um bom aproveitamento da data. O estudo sustentou que a confiança do consumidor está maior esse ano e que tal otimismo ocasionou o aumento da intenção de compra para o primeiro trimestre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.